Sem vergonha

A Justiça Federal do Distrito Federal determinou a suspensão imediata do passaporte diplomático concedido a Luís Cláudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, no final do seu governo, em dezembro de 2010. A decisão atendeu pedido do MPF-DF Ministério Público Federal no DF, que considerou a emissão “ilegal e fora do interesse do país”.A ação civil foi proposta em junho passado, depois que o Ministério das Relações Exteriores MRE confirmou ao MPF que, dentre os sete passaportes diplomáticos concedidos ilegalmente a parentes de Lula no final de seu mandato, o de Luís Cláudio era o único que não havia sido devolvido.

O que impressiona é que foi preciso uma ação do Ministério Público e uma decisão da Justiça para que o filhote do ex presidente fosse impedido de usar um passaporte que somente agentes públicos de determinada qualificação e, em casos especiais, seus filhos, podem possuir.  Não só o filho do ex presidente, como o próprio pai, não tiveram vergonha de usá-lo indevidamente.  A desfaçatez não tem limites.

viaJustiça suspende passaporte diplomático de filho do ex-presidente Lula – Notícias – UOL Notícias.

You may also like

Leave a comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.