Pobre Brasil. Dilma não tem ideia sobre o que fazer no próximo mandato.

Acabo de ver a entrevista da Dilma Rousseff no Jornal Nacional.  Uma total confusão de idéias, não consegue esclarecer nada sobre o que pretende fazer no próximo mandato.  Deixou os entrevistadores constrangidos.  Uma tristeza.

Para quem votou nela, não adianta chorar, é leite derramado.  Para quem não votou, é chorar em dobro.  Pobre Brasil.

You may also like

16 comments

  • Luiz 27 outubro, 2014   Reply →

    Eu não perco meu tempo ouvindo ela ! Só espero que esses 4 anos passem rápido!

  • Affonso Henriques Fernandes 27 outubro, 2014   Reply →

    Não soube no primeiro e quiçá saberá no segundo. Continuará como sempre foi: perdida.

  • Armando Benetollo 27 outubro, 2014   Reply →

    Pois é. Ela ganhou porque o PSDB ficou de braços cruzados durante a campanha. Mostrou-se um partido completamente desinteressado pela vitória. Alás, foi o comportamento desse partido durante os doze anos de desgoverno do PT. Uma oposição ridícula.
    O candidato Aécio Neves se apresentou sempre só, abandonado pelo partido.

  • antoniopalmieri 27 outubro, 2014   Reply →

    Espero que o PSDB não abandone os milhões que acreditaram nele e assumam com fervor e coragem uma oposição continuada e não apenas fiquem nos discursos vazios sem propósito. O povo brasileiro precisa neste momento de lideres, pois a sensação no momento é de puro desamparo.

  • JCM 27 outubro, 2014   Reply →

    Caro governador,

    Pois é….leite derramado! O PSDB conseguiu perder a eleição mas ganha dos últimos tempos.Os motivos…são vários,um deles na minha opinião é que o PSDB se deixou rotular como o partido dos ricos,das elites.Talvez um marqueteiro competente ,quem sabe ,consiga reverter essa imagem.Outra, é a linguagem,tem que ser mais popular.Mas,agora,é leite derramado.O consolo é que,apesar da derrota,houve um fortalecimento e,espero que o PSDB, realmente faça uma oposição contundente,de verdade,coisa que não fez durante esses anos todos. Acho que o Aécio, já começou mal, no discurso disse,a hora é de união.Como?A hora é de oposição ferrenha,quem desuniu o país foi o PT,quem montou palanque Brasil afora ,para propagar desconstrução,desunião,divisão,diferenças e ódio,de acordo com sua conveniência,foi o PT.Agora,a Dilma quer dialogo é união?Não!Metade do país a rejeitou,metade do país quer oposição.Se fosse ao contrário,o PT iria aceitar o dialogo e a união?O que disse o líder do MST? Se o Aécio ganhasse iria travar uma guerra diária,ou algo assim.Espero que o PSDB não caia nessa…de novo!Quanto a Dilma não saber o que fazer,nenhuma novidade!

    Obg.

  • Eliane Sevi 28 outubro, 2014   Reply →

    Je suis navrè !

  • Markut 28 outubro, 2014   Reply →

    Chorar em dobro não é solução. Solução é pugnar para o fim do chamado pelo cientista politico Marcos André Melo de “ignorante racional’, de quem dependeu, em grande parte, a definição da eleição e que só a educação básica competente , encarada como cruzada nacional, poderá mudar o seu comportamento e deixar de ser, como foi, o instrumento útil para aplainar o caminho desejado pelo lulo petismo , na direção do poder absoluto e permanente.

  • Peter de Camargo 28 outubro, 2014   Reply →

    É isso aí Goldman. Vamos continuar na luta e retomar com a mão na massa para não deixarmos que os petralhas e sua base governista afundem mais nosso país, além do que já afundaram. Resistência democrática e avançar com os oposicionistas, antes que o tempo passe.

  • Dan Kraft 28 outubro, 2014   Reply →

    Prezado Dr. Goldman, trago à sua reflexão uma singela contribuição http://danbrasilmundo.blogspot.ca/2014/10/a-nova-esquerda-artigo-publicado-no.html

  • Luiz Freitag 28 outubro, 2014   Reply →

    Lamentável, também concordo. O que poderemos fazer agora é acompanhar os desdobramentos da delação do Youssef. Será que ele poderá provar o que disser? Luiz Freitag

  • Jonas Barbosa 28 outubro, 2014   Reply →

    O Alberto Goldman que conhecia e de quem apreciava as análises políticas morreu. Ao ouvi-lo certa vez dizer que teve a mãe, uma judia polonesa e comunista, morta pela canalha nazista, de certa forma me fez acreditar na sinceridade do proceder daquele professor da POLI e militante do PCB. Anos depois, virou ministro, governador do nosso estado, mas algo se perdeu nesse processo…. o poder cegou sua capacidade de análise. Agora só enxerga NÓS e ELES.
    ELES são mafiosos, traidores, bandidos…. enquanto NÓS somos tudo de bom….
    Gosto muito do Serra e acabei de votar nele para o Senado. Ele mesmo foi boicotado 2 vezes, em eleições seguidas, pelo AÉCIO…. TODOS SABEM DISSO.
    Não votei no AÉCIO e nem votarei no ALCKMIN….
    Gostaria que o Goldman antigo ainda tivesse uma chance de se mostrar para o NOVO GOLDMAN…. grato por sua atenção.

    • Alberto Goldman 29 outubro, 2014   Reply →

      Jonas, para seu conhecimento, continuo o mesmo de sempre. Sou militante e digo o que penso. Não tenho cargos nem mandatos e espero assim ficar.

  • Rodrigo A. M. 28 outubro, 2014   Reply →

    Pobre Brasil!

  • Elza Mourão 28 outubro, 2014   Reply →

    E vai continuar sem saber como dirigir o país, uma vez que sua governança é sustentada pelas interferências direta do ex presidente Lula. Acabo de ler na página do terra que Lula indicou três nomes para o Ministério da Fazenda. “Afinal que é o presidente do país?”

  • Valtércio Gomes da Nóbrega 28 outubro, 2014   Reply →

    Agora não tem mais jeito. Como já dito é leite derramado.

  • carla 28 outubro, 2014   Reply →

    Nós não desistiremos do Brasil ! Nunca!!!!!

Leave a comment