Para Dilma, só o que a livra da condenação de seus crimes é democrático

Para Dilma Rousseff, a lei que enquadra seus crimes é anti-democrática, mas se conseguir livrá-la da condenação, essa sim, é democrática. Tudo é culpa da “crise internacional”, da chuva que não veio, da mídia, dos misóginos, e é claro, do seu malvado favorito, Eduardo Cunha.

Ignora que passou por cima do legislativo, emitindo decretos sem autorização, como proíbe a lei.

Ignora a operação de crédito com banco estatais, como proíbe a lei.

Ignora a fraude fiscal e eleitoral, tão comprovadas e documentadas pelo TCU, a tal das “pedaladas”.

E pior, ignora o sofrimento causado a tanta gente, jogada na miséria e desemprego, quebrados e endividados.

 

O fato concreto é que o dia de amanhã será muito difícil, e culpa disso tudo é dela e do PT, é do PMDB e de todos aqueles que fizeram vistas grossas. Lembrem que ela que escolheu o Michel Temer, duas vezes!

E quem está paga tudo isso é o povo brasileiro, com desemprego, com o desânimo, com a queda da produção e retração econômica, e com todas as dificuldades que estamos vivendo.

Nos temos é que ajudar o país. Logo temos eleições municipais e 2018 poderemos escolher um presidente.

Assista ao vídeo aqui: https://www.facebook.com/AlbertoGoldman/videos/1264614093549622/

You may also like

Leave a comment