O TCU tenta salvar o pescoço da Presidente

 

Dilma e Lula conseguiram o que queriam: o Tribunal de Contas da União considerou culpados pela compra da refinaria de Pasadena pela Petrobrás apenas os membros de sua Diretoria executiva.  Dilma e os demais membros do Conselho de Administração não serão obrigados a ressarcir os cofres públicos pela operação mal sucedida que trouxe enormes prejuízos à empresa.  A culpa toda é da Diretoria, vão todos para o cadafalso, sejam eles petistas amigos do Lula ou aliados dos partidos coligados.  O negócio é perder alguns dedos e salvar o resto.  Em especial salvar o pescoço da Presidente.

A operação política comandada por Lula foi bem sucedida.  Entrou de sola no TCU e conseguiu reverter o que seria o provável voto do conselheiro relator  José Jorge, contrário à Presidente, que seria derrotado no plenário.  Os outros votos sabe lá Deus quais foram os argumentos.

Vingou a esdrúxula tese de que o Conselho poderia tomar decisões de investimento desse porte baseadas apenas em um relatório técnico resumido que não continha as condições econômicas essenciais do negócio.  Um papelucho mequetrefe que apoiava o gasto de mais de 1 bilhão de dólares.

Porém o fato é que Dilma não era “apenas” presidente do Conselho.  Era o ministro de Minas e Energia, não só possuidora de todos os instrumentos – e responsabilidades – para avaliar os contratos da Petrobrás, como a pessoa responsável por indicar os membros da Diretoria da empresa.  Se não foi a culpada direta pela ação da Diretoria, foi omissa e tem que assumir a culpa que lhe cabe pela ação de seus indicados.  A responsabilidade política é patente.  Não têm atenuantes.  Não há TCU que possa lhe isentar da responsabilidade inerente ao exercício do cargo.

 

You may also like

2 comments

  • Markut 26 julho, 2014   Reply →

    E o que impressiona é o poder bandido e mafioso da curriola que se apossou do poder deste país, sob as vistas lenientes de uma submissa e acumpliciada oposição que, de oposição, só tem o nome.
    Seria bom não esquecer isso em 5 de outubro próximo.

  • Tieza Lemos Marques 26 julho, 2014   Reply →

    A população fica em total insegurança e muito vulnerável quando instituições como o TCU cedem a pressões de alguém, que foi alguma coisa e hoje é apenas um ex-sindicalista, ex-presidente e milionário. Isso acontece quando satisfazer o ego e a voracidade do bolso se sobrepõem aos compromissos com o povo e com a ética. Lamentável!

Leave a comment