Notas de uma semana triste

 

 Lula e Dilma não querem Marina

Triste momento da vida política brasileira.   Morreu Eduardo Campos que, independentemente dos resultados que teria nesse pleito nacional, era uma figura que despontava como uma liderança de peso, inteligente, democrática, moderna e avessa aos preconceitos com que uma dita esquerda, atrasada, nos persegue há décadas.  Com ele, no acidente, mais seis pessoas, dentre as quais o ex deputado Pedro Valadares, uma jovem e excelente figura política de Sergipe, com quem convivi no Congresso Nacional.

Lula e Dilma fazem todo o esforço para extrair dividendos desse momento dramático.  Buscam, através de seus vassalos no PSB, impedir a candidatura, mais que natural, de Marina para substituir o líder morto.  Com isso estariam mais perto de evitar a ocorrência de um segundo turno, no qual a rejeição ao PT e aos seus candidatos ficará mais evidente.

Título maroto da Folha

No caderno cotidiano, o título afirma que “SP tem 2,1 milhões de pessoas sob racionamento oficial de água”.  O sub título é “ Cortes no abastecimento vão de 4 horas a 2 dias em 18 cidades do Estado”.  E no sub sub título, “Guarulhos passou a adotar a medida após a Sabesp diminuir o volume enviado do sistema Cantareira”.   Só mais adiante o texto esclarece que o levantamento foi feito pela Folha com mais de 200 municípios que não são operados e atendidos pela Sabesp, e que nas 364 cidades por ela operados não há racionamento.  Para conhecimento do eleitor em 281 municípios do Estado o fornecimento de água é responsabilidade dos próprios municípios.   E não esclarece que Guarulhos compra – e não paga – água em bruto da SABESP, tem uma dívida enorme  e que a SABESP diminuiu o fornecimento do Cantareira à cidade na mesma proporção da economia que conseguiu nos demais municípios por ela atendidos.

Continuam os cortes em vagas no mercado de trabalho

No primeiro semestre do ano as lojas demitiram 84 mil funcionários a mais do que admitiram.  Julho também foi um fracasso.  Até agora só a indústria vinha mais demitindo que contratando.  Agora também o comércio.  A coisa vai de mal a pior.

Dilma continua falando, falando…

Ela classificou de “factoides” as suspeitas que envolvem negócios e dirigentes da Petrobrás.  A empresa já perdeu metade do seu valor de mercado, multiplicou sua dívida por quatro, está levando muitas empresas fornecedoras à bancarrota e está com os bens de seus diretores bloqueados pelo Tribunal de Contas da União.  Para ela tudo obra da oposição e dos pessimistas ( a Getúlio Vargas calcula que o pessimismo só foi igual no período Collor ).  Inclusive da Polícia Federal que mandou prender um ex diretor e insiste que existiu um esquema de corrupção e de lavagem de dinheiro operado pelo lobista preso, Alberto Youssef, o que foi confirmado por sua contadora, em benefício do PT, do PMDB e do PP, base de sustentação da presidente.

Esse Alberto Youssef

Ele está preso e tem muito a contar.   A sua contadora já está cantando e contando.  Inclusive que ele recebia a visita do tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, o mesmo envolvido no escândalo da Cooperativa dos Bancários de São Paulo, da qual foi presidente, amparado pelo Ricardo Berzoini, ex presidente do Sindicato, e atual ministro da Dilma.  O rombo na cooperativa afetou milhares de pessoas que pagaram e não receberam sua moradia.  Que turma, hein?

Agência federal manda SP liberar mais água

A ANEEL manda SP liberar água da represa do rio Jaguari ( que nasce e corre em SP ) para suprir o rio Paraíba do Sul a fim de possibilitar o fornecimento de energia elétrica na usina da Light no Rio de Janeiro.  O governo de SP faz bem recusando a ordem pois a prioridade, de acordo com a lei e com o bom senso, é água para o consumo humano.  Energia elétrica tem várias fontes, inclusive termo elétricas.  Água só tem uma: os rios.

“Só louco investe no Brasil” afirma empresário lulista          

Frase dita por Benjamin Steinbruch no Congresso do Aço, em São Paulo.   Confirma que grandes empresas já estão demitindo e diminuindo a produção.   Ele é presidente da Companhia Siderúrgica Nacional e é o presidente interino da Fiesp.  Também o presidente da Associação Brasileira da Indústria Química disse que a indústria química será brilhante, mas só na próxima década, em face da enorme queda de investimentos.  Lembro que o Steinbruch era um dos lulistas mais entusiasmados.  Se até ele caiu fora, imaginem os outros menos otimistas com o PT.  Quando o barco faz água…

Rui Falcão trata Dilma como uma coisa qualquer

Em entrevista ao jornal Valor o presidente do PT, Rui Falcão, disse que a participação de Lula em um eventual segundo mandado de Dilma será maior que no atual governo.  E completou “precisamos eleger Dilma para o Lula voltar em 2018”.   E assim, o Brasil está salvo.

Ele reconhece o insucesso do poste que Lula colocou em pé e acha que Lula pode energizar o governo que já acabou.  Não contente com isso já faz projetos para daqui a quatro anos, com eles no governo.  Não lhe passa na cabeça que vivemos, ou queremos viver, em uma democracia, com alternância do poder.  Não mudou nada, não se libertou dos dogmas do passado, dos conceitos de democracia como instrumento e não como um fim em si mesmo que possibilita a construção de uma sociedade mais solidária e feliz.

You may also like

3 comments

  • Markut 16 agosto, 2014   Reply →

    Esse comentário final de Rui Falcão, que traduz claramente as danosas intenções do PT, não é novidade.
    Por isso mesmo, será essencial impedir a reeleição dessa senhora.
    O importante é frustrar o perigoso viés continuísta desse lulo petismo, aético e amoral, garantindo a essencial alternância de poder, independente das qualificações dos outros candidatos.

  • Armando Benetollo 16 agosto, 2014   Reply →

    De pleno acordo com esse comentário! Os parlamentares do PSDB precisam atuar com afinco e aproveitar todas as deixas que esse desgoverno do PT através de Dilma e Lula vem apresentando.
    Precisam apontar todas as falhas existentes e trabalhar, muito, para eleger Aécio Neves!

  • Antonio Camargo 16 agosto, 2014   Reply →

    Comentários, vamos lá:
    1-Lula e dilma não querem Marina porque sua candidatura agora levará certamente ao segundo turno embora, eu creio que com Eduardo também iria. E eles acham que Marina poderia passar Aécio e ganhar. Marina guarda mágoas do PT lulista assim como é anti-tucanos,resquício de seu passado petista o que é negativo para uma política. Eu pessoalmente creio que ela terá mais pontos nas pesquisas futuras que Eduardo mas ao mesmo tempo, muitos “Eduardistas” se bandearão para Aécio. O importante agora é tirar o PT do poder. Depois veremos.
    2- Não entendo esta campanha da FSP sobre a provável falta de água em SP. É certo que se não chover a partir de outubro, teremos sim, uma falta de água nunca vista. Mas o governo de SP está atento e trabalhando para viabilizar alternativas(espero). Uma pergunta: falta água na redação da FSP?
    3-O desemprego é efeito natural de uma recessão e já estamos nela. Só o governo federal não quer ver e admitir.
    4-Fato: o governo Lula e Dilma está quebrando a Petrobrás com sua política anti-inflação que não está dando certo. Uma petroleira não deveria quebrar. Afinal como dizia Rockfeller, uma empresa de petróleo bem administrada é o melhor negócio do mundo.O segundo melhor é uma empresa petroleira mal-administrada. O PT está conseguindo derrubar esse colorário.
    5- Pelas notícias vemos o bando de malfeitores que se instaurou no governo. Com o aval do governo petista.
    6-O caso ANEEL x CESP é pura politicagem. Tecnicamente eles não querem discutir.Ordens do Planalto.
    7-Se Aécio ganhar, essa afirmação de Steinbruch perde o significado. O que há é falta de confiança na competência do governo atual. Incompetência mais que provada.
    8- Pela declaração de Rui Falcão, dá para ver que: a- Reconhecem que o poste Dilma estava bichado; b- O PT não tem quadros competentes.Se apega a um carisma que foi falsamente construído no passado.

Leave a comment