Lula, os dramas do PT e o mau-caratismo

Lula voltou a falar aos militantes petistas num ato político promovido pelo PT no centro de São Paulo. “A gente precisa voltar a ter orgulho do nosso partido. Vamos voltar a usar a nossa camiseta vermelha. A gente não tem que ter vergonha.”

Falando do seu partido aditou “ele foi feito sobretudo para a gente estar 24 horas por dia ajudando a organizar a luta do povo brasileiro…o povo foi às ruas clamar por melhores condições de vida.” Para Lula, o petismo “precisa aprender uma lição: o partido é que poderia estar puxando esses movimentos….Não é contra o nosso Fernando Haddad, não é contra nossa presidenta Dilma, não é contra o Lula… É a favor deles, a favor do povo brasileiro.”

O discurso de Lula mostra o drama por que passa o PT.  Os petistas e os simpatizantes do partido deixaram de ter orgulho do partido.  Muitos passaram a ter vergonha dele.  Faz muito tempo que o PT está fora das ruas, não puxa os movimentos populares porque se dá conta que, depois de quase 11 anos de poder, esses movimentos se voltam contra ele.  E não é sem razão.

O povo começa a se dar conta de que o PT deixou de ser o que era para ser um partido tradicional cujo maior objetivo é manter o poder e os benefícios que este traz aos seus dirigentes.  Por isso o povo se manifesta,  sim, contra a Dilma, contra o Haddad e mesmo contra o Lula a medida que vai tomando consciência de que o grande responsável pelas dificuldades do país nos dias de hoje é justamente, o ex-presidente .

Toda essa retórica de Lula tinha um objetivo: colocar o seu candidato a governador de São Paulo, Alexandre Padilha, no foco do pronunciamento. Cinicamente ridiculariza a lei e a Justiça Eleitoral: “não posso falar de eleição porque já fui multado..”.  Mas fala sem se preocupar com as multas.  Belo exemplo.  Tem quem pague por elas.  Não é do bolso dele.

E diz:  “Esse Estado precisa recuperar sua autoestima, a sua graça. Esse Estado é muito importante para ser governado por um passarinho que tem voo curto e bico muito longo.”  O mínimo que se poderia esperar de uma figura como ele seria o respeito aos governantes eleitos pelo povo.  Mas seria pedir demais.  O cinismo e a hipocrisia são a sua maior característica de caráter.

Finalmente se referindo ao recém falecido Luiz Gushiken ele diz: “Gushiken foi uma das vítimas da mentira de uma parte da imprensa desse país…Eu sei o que o companheiro Gushiken sofreu com as infâmias que levantaram contra ele. Muitas vezes o irresponsável que levanta uma acusação sem ter prova não leva em conta a história da pessoa, não leva em conta que a pessoa tem mulher, tem filho… A imprensa que o acusou deveria ter vergonha na cara e publicar uma manchete amanhã pedindo desculpas ao Gushiken.”

Aí o Lula atinge os píncaros do mau-caratismo.  Tem a coragem de acusar a outros justamente ele e seus companheiros que por anos a fio fizeram com dezenas de pessoas isso que ele agora condena..

A bem da história é bom lembrarmos que foi o petista Henrique Pizzolato,  diretor do Banco do Brasil na época do escândalo, o responsável pela denúncia a Gushiken na CPI dos Correios ( Mensalão ), acusando-o de ter autorizado os contratos com as agências de publicidade de Marcos Valério – fonte do dinheiro desviado para sustentar o mensalão – quando era o ministro responsável pela publicidade governamental.  A acusação não foi provada e Gushiken foi inocentado.

 

 

You may also like

6 comments

  • JOHNNY NOTARIANO 16 setembro, 2013   Reply →

    Lamentavelmente o PT decepcionou ao lançar um programa de governo; lançar uma bandeira a favor do trabalhador e não conseguiu cumprir. Muitos votaram na primeira vez, na segunda se omitiram, na terceira foi salvo por uma mulher. O Trabalhador nunca foi tão descartado como hoje, violado na aposentadoria;salário; saúde e educação. Parece até uma conspiração mundial contra o trabalhador. Tem ainda quem pense em comunismo. Meu Deus, será que não entendem que não dá mais!?

  • Armando Benetollo 16 setembro, 2013   Reply →

    É interessante ouvir Lula clamar pela atenção e respeito do povo. Mas o que os corruptos petistas fizeram no “mensalão”, roubando dinheiro do Poder Público, dificultando a vida dos brasileiros, significa respeito pelo povo? Será que a maioria dos cidadãos brasileiros de bem, pagadores de impostos, concorda com a compra de votos através dessa desorganizada Bolsa Família, alimentando pessoas que não desejam trabalhar?

  • FR 16 setembro, 2013   Reply →

    AG

    Eu não esqueço que este Sr. Gushiken tentou há uns dez anos criar uma certo órgão estatal com a finalidade específica de “regulamentar” as informações veiculadas pela mídia. Grande precursor do chamado “controle social da mídia”.

  • aliete 16 setembro, 2013   Reply →

    Só Deus na causa , esse descarado não tem vergonha , espero que o povo que foi as ruas , voltem agora com o nome deles para não restar duvidas , eu penso que dona Ruth Cardoso foi vitima da língua suja de martaxa , mas deixe pra la a unica coisa que eu gostaria de ver era meu PSDB na oposição com vontade denunciando, brigando organizando palanques indo pra cima desse pessoal sem caráter ou vergonha na cara , o partido esta minguando , ficando anêmico porque não se tem vontade de brigar quando falo em meu partido eu as vezes corro o risco de ser linchada , sou funcionaria publica estadual da saúde e estamos sem aumento a tanto tempo , o governador passa uma imagem totalmente diferente daquilo que ele é uma pessoa correta e séria , quando deixa pessoas como o nosso antigo diretor técnico que destruiu o hosp aqui em Ferraz , e depois foi punido com a transferência para outro hosp onde certamente continuara , espero um dia ver meu partido de novo na presidência da republica e na liderança do meu país colocando novamente o Brasil onde ele merece estar , e não com medo desse verme chamado lula .

  • Alfredo 16 setembro, 2013   Reply →

    Goldman, Deus e livre disso, tenha a santa paciência! Então você acha que .o PT voltou a ser um partido convencional ? Pra você um partido convencional é isso ? partido que compra votos e consciencias de parlamentares, que desvia dinheiro público, que tenta por todos os meios “convencer” magistrados a dar uma “ajudazinha” no julgamento dos mensaleiros, um partido que arranja cargos importantes pra amantes do presidente ? Credo Goldman, tomara que não tenhamos mais nem um partido convencional entre nós. É preferivel não ter partido nenhum a ter um partido convencional como esse !!!

  • Eliane Sevi 17 setembro, 2013   Reply →

    PT – PARTIDO DOS TRAIDORES !

Leave a comment