Lula: metamorfose em 24 horas

O Lula é um gênio.  E todos nós seríamos um pouco mais gênios do que somos ( se somos ) se não tivéssemos quaisquer peias nem na boca, nem na consciência.   Ele é capaz de fazer ou de dizer qualquer coisa, desde que isso lhe pareça servir em um momento.  Servir para ele, está entendido.  Ele se referia aos versos abaixo, de Raul Seixas, quando se auto proclamou como um homem que sabe mudar de posição – sou uma metamorfose ambulante – quando isso é necessário, para ele, é claro:

“Eu prefiro ser

Essa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião

Formada sobre tudo”

E assim foi com Sarney, Roseana, Collor, e muitos outros, depois de tê-los ofendido à vontade.

Mas no último fim de semana se superou.  Raul Seixas se referia às mudanças de opinião que as pessoas têm, com os anos, em face do amadurecimento e da experiência.  É perfeitamente aceitável.  Mas Lula foi genial e aperfeiçou a lição do mestre com aquela “cara de pau” que lhe é peculiar.  Como foi?

Em São Paulo, no encontro do PT no campo da Portuguesa, fez um discurso contra o experiente e veterano José Serra, a renovação necessária para eleger o “novo” Fernando Haddad.  No dia seguinte, em Diadema, pede votos para o antigo e experiente Mario Reali ( PT ) contra a renovação representada pelo novo Lauro Michels ( PV mais PSDB ) sob argumento de que não se deve trocar o certo pelo duvidoso.

Nem o Raul Seixas podia imaginar uma metamorfose tão meteórica, ultra-sônica.  Em 24 horas.  Só mesmo o Lula com o seu imenso pendor pela sem vergonhice.

You may also like

4 comments

  • Wagner Bruno 22 outubro, 2012   Reply →

    Caro Goldman, antes de comentar sua publicação, gostaria de dizer que tenho grande admiração por Geraldo Alkmin, Mário Covas e pelo Sr. Mas acredito que quem começou com a metamorfose foi o próprio PSDB com o DEM de ACM.Aliás o PSDB nos deixou um bom legado de metamorfoses, como o apoio ao Kassab em 2008 e deixando o Alckmin, candidato natural do PSDB, na geladeira e colocando São Paulo numa fria com o Kassab. O Lula, ao ver popular, aprendeu muito bem as lições que o PSDB ensinou,inclusive sobre divagar sobre o mensalão.O PSDB sabe tudo sobre o mensalão do PT, que por sua vez sabe tudo sobre o mensalão do PSDB, mas nenhum “sabe” sobre os próprios mensalões, assim como continua o velho debate eleitoral que o PSDB e o PT sabem tudo para acabar com todos os problemas de SP, mas só na campanha, depois na gestão a população fica sempre a deriva. É assim desde os princípios, não há como acreditar em campanha política, nem em plano de governo, nem em políticos…

    • Alberto Goldman 24 outubro, 2012   Reply →

      Caro Wagner, assim está tudo perdido, já que somos todos iguais – desacreditados. Se eu achasse isso mesmo, já teria caido fora, não dedicar meu tempo e energia para melhorar as coisas.
      Não coloque tudo e todos no mesmo nível, aliás bem fundo.

  • THERESE 24 outubro, 2012   Reply →

    Lula não tem é vergonha na cara, é só ler o livro do Neumane “O que sei de Lula”.
    Quero avisá-lo de que toda vez que vem um email do seu blog vem um aviso de “cuidado este remetente não é seguro” e por mais que eu diga “mostrar o conteúdo” ainda vem outro aviso.
    Só pode ser coisa de petralha!!! verifique.

  • mauro abramvezt 24 outubro, 2012   Reply →

    Mimetismo.
    O fenômeno-LULA já ocorrera, por exemplo, na Polônia de LECH WALESA, quando este chegou à presidência (1990-1995), depois de presidir poderoso sindicato.
    Uma forte oposição, necessária em qualquer vertente, veio à tona e impediu o continuísmo politico partidário, ao contrário do Brasil de Lula, que, verde e amarelo e céu de anil, pretende vestir o vermelho deste PT, lembrando sangue a escorrer, quiçá em homenagem aos demais caudilhos vizinhos, como Chávez e Morales, por exemplo.
    Lula foi se travestindo, autêntico camaleão, com os empresários a disputar entre si qual o acolheria em sua casa, a se exibir em fotos e filmes ao seu lado, logrando êxito nisto, até entre pessoas da coletividade israelita, tradicionalmente avessas a tais cenas, mas que vieram a se constituir em artífices da sustentação financeira de tal escalada vermelha…
    Pese embora o resultado do julgamento do “mensalão”, que fez calar por algum pouco tempo a matraca do PT, impõe-se agora, rápida, violenta até, uma oposição renovada, de norte a sul e de leste ao oeste do gigante adormecido, que por aí a fora veicule as cores, as poses e os atos com que o mimetismo do PT e de Lula estão a se fantasiar, porque só assim se impedirá que o Brasil se liberte deste novo jugo, do lulismo e de seus asseclas.

Leave a comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.