7 comments

  • Fausto Ivan 7 outubro, 2017   Reply →

    Goldman, meus parabéns por sua análise sobre o Prefeito itinerante. E minha solidariedade pelo ataque descabido que recebeu. Vc fez crítica política e a resposta veio fora do contexto, pessoal e raivosa. Acho que ele não precisa de adversários, está se destruindo sozinho, perdendo a pele e aparecendo os pelos.

  • José Augusto 8 outubro, 2017   Reply →

    Quero ter forças para chegar a tua idade com esta lucidez, São Paulo tornou-se o trampolim dos ineptos. Triste sina dê uma cidade deste porte e importância. A cidade está largada.

  • CASSIO MAXIMIANO CARDOZO DE MELLO FILHO 8 outubro, 2017   Reply →

    Brilhante!

  • Carlos De Campo 8 outubro, 2017   Reply →

    Olá, creio que as críticas sejam pertinentes mas gostaria ainda sim de saber das fontes dos dados apresentados quanto à saúde, especificamente após o tão alardado e aparentemente precipitado resultado do corujão da saúde. obrigado

    • Alberto Goldman 18 outubro, 2017   Reply →

      Carlos de Campo, são matérias publicadas pela Folha de São Paulo. Eles levantaram as filas existentes e as demandas em diversas áreas. Creio que procurando pelo Google você encontrará.

  • Valtércio Gomes da Nóbrega 9 outubro, 2017   Reply →

    Teremos um novo caçador de marajás????

  • jurandir fernandes 10 outubro, 2017   Reply →

    De gestor eficiente a político deficiente, o midiático alcaide percorreu uma daquelas parábolas “boca prá baixo”. Cabem aqui as formas reflexivas, pois feito foguete ORBITOU-SE, feito meteoro, FRAGMENTOU-SE . Agora APEQUENOU-SE . Resta ESPATIFAR-SE.
    Cabem também reflexões sobre o que queremos para o ano que vem.
    Caro amigo Goldman, concordo contigo que de velho estás a 80 e eu quase a 70. De velhacos estamos a zero.
    Muita alegria e saúde neste dia 12.
    Meu fraterno e respeitoso abraço, jurandir.

Leave a comment