Arrancada final: o segundo turno será Dilma x Aécio

 

A disputa da Presidência da República cada vez mais aponta para existência do segundo turno.  A somatória de Aécio e Marina, nas duas últimas pesquisas da DataFolha é de 45%, constante, e  Dilma tem 40%, também constante.  Somando-se os nanicos, conclui-se que o segundo turno é praticamente certo.   Lembram-se que todos os “gênios” diziam que ela ganhava no primeiro turno?  Pois é.

O segundo lugar é uma disputa renhida entre Marina e Aécio.  No entanto vejam as “curvas” de crescimento e queda de cada um e observem que em 9 de setembro a diferença era de 18 pontos, a favor de Dilma.  Dezessete ( 17 ) dias depois, em 26 de setembro, a diferença havia caído para 9 pontos, praticamente meio ponto por dia, em média.  Já em 30 de setembro, ontem, em apenas 4 dias, a diferença caiu para 5 pontos, o que significa um ponto por dia.  Isso quer dizer que a velocidade de queda da diferença entre Marina e Aécio se acelerou de 0,5 ao dia, para 1 ponto ao dia.  E a lógica diz que deve se acelerar nessa reta final.

Havendo 5 dias entre a última pesquisa e a data das eleições, pode-se presumir que no final, mesmo que não houvesse aceleração da queda da diferença, o que é improvável, Aécio chegaria com mais votos que Marina.

Além disso, Aécio tem uma estrutura partidária e coligações mais eficazes que Marina.  A expectativa realista é, pois, um segundo turno entre Dilma e Aécio, que pode começar com uma diferença de oito a dez pontos a favor de Dilma, mas que ninguém pode prever o resultado final.

Vamos lembrar que esse segundo turno se dará no fim de outubro e que todas as informações que são divulgadas a respeito da economia brasileira são cada vez mais negativas.  Inflação, emprego, contas internas, contas externas vão influir na decisão final do eleitor.  E não esqueçam que a delação premiada do ex diretor da Petrobrás, Paulo Roberto Costa, agora referendada pelo poder judiciário, e a seguinte a ser feita pelo doleiro Youssef,  terão um efeito devastador, desde que reveladas a tempo.   Em algum momento a incrível corrupção que grassou na maior empresa do Brasil será revelada.  Só o dinheiro que ele, Paulo, agora se compromete a devolver é 70 milhões de reais.  Imaginem o que levaram os agentes políticos do PT, PMDB e PP, em parte já citados.

Pelo bem do Brasil, que seja o mais cedo possível para que o povo possa decidir sobre o seu futuro.

 

Último debate para governador na Globo

Assisti, na maior parte do tempo, mas não resisti até o final.   Um jogo armado em que quase todos procuravam agredir o Alckmin.  Um perguntava ao outro, agredindo o governador e o outro respondia também agredindo o mesmo, sem que ele pudesse refutar. Essa gente pensa que o povo é besta e não percebe.  O que não se entende é a Globo manter esse formato de debate que não permite ao governador, mesmo sem agressão pessoal, responder às críticas que são feitas ao seu governo.  Então para que o debate?

Quem mais me surpreendeu foi o Padilha, do PT.  Dos outros eu já não esperava nada mais decente. Mas, há tempos, eu o conheci e tive uma boa impressão.  Ontem foi grosseiro, mentiroso, covarde porque colocava as críticas sem possibilitar ao governador dar os esclarecimentos.  Por certo, pressão do partido e do Lula que queria maior agressividade, sem levar em conta a verdade, como é do feitio deles.

Sempre tenho a esperança que alguém, do PT, tenha um DNA diferente desse que faz parte da natureza de Lula, Dilma, Mercadante, José Dirceu, e outros menos votados.  E acabo me frustrando.

You may also like

12 comments

  • Carlos Ogasawara 1 outubro, 2014   Reply →

    Caro Goldman-san,

    Quando o nobre deputado conheceu o Padilha, tenho a certeza de que ele ainda não havia se contaminado. E, na minha opinião, aí é que mora o perigo pois ele poderá usar esta “cara de bom menino” para atrair os mais incautos (apesar de lhe faltar empatia).
    Mas voltando ao debate, se fosse dado ao Governador Alckmin, o direito de resposta (coisa que não entendo porque não foi permitido), tenho a certeza que em 30 segundos o Governador Alckmin teria nocauteado estes concorrentes que se entitulam “gestores” e “salvadores da pátria”.
    Goldman-san, não se fruste, porque nas andanças que faço, tenho observado que tem incontáveis número de pessoas que estão se “fazendo de morto”, mas certamente saberão o que fazer quando chegar o momento.
    Vamos nessa, Governador.
    Abraços de
    Carlos Ogasawara (Seu companheiro esporádico de viagens BSB/SAO/BSB)

  • Luiz 1 outubro, 2014   Reply →

    Também ñ consegui ir até o final, os caras acusam por acusar mais sem nenhuma base, eles querem o que ? Que o governador dance a dança da chuva .

  • SERGIO ROBERTO CARDOSO 1 outubro, 2014   Reply →

    Alberto, você será um eterno frustado ao ter um pingo de esperança de ver os quadrilheiros do pt terem um gesto de decência. Do ao lula ao menor militonto (ou meliante) da quadrilha só sabem roubar, matar e fazer maracutaia.

  • Erasmo Moraes Oliveira 1 outubro, 2014   Reply →

    Se o Aécio for para o 2° turno com a Dilma, ele perde pois a Marina com um DNA petista de 27 Anos vai apoiar a Dila e se fingir de NEUTRA , como em 2010 .

    • Alberto Goldman 1 outubro, 2014   Reply →

      Não mais, depois do massacre que lhe faz o PT. Não tem jeito. De qualquer forma o seu eleitorado é majoritariamente anti Dilma. É o que vale.

      • Rodrigo A. M. 1 outubro, 2014   Reply →

        Dilma atingirá 44%, 45% dos votos válidos domingo. Precisará de pouco para ser reeleita. O PT quer Aécio no segundo turno. Se eu já desconfio de Marina, com Aécio sei que o PT continuará à frente do poder.

        • Alberto Goldman 2 outubro, 2014   Reply →

          Não acho, Rodrigo. A Marina é muito frágil, pessoal e politicamente.

  • Rodrigo A. M. 1 outubro, 2014   Reply →

    Para o bem do Brasil, o melhor é Dilma x Marina. Só Marina pode bater o PT.

    • Alberto Goldman 1 outubro, 2014   Reply →

      Engano seu Rodrigo. Marina é facilmente derrotável. Ela é inconsistente, não tem partidos, nem figuras de expressão que lhe dariam credibilidade. No embate com a Dilma vai ser trucidada. O Aécio, pelo contrário, e as suas forças aliadas têm condições de enfrentar o PT.

  • vera lucia scatena 1 outubro, 2014   Reply →

    Quem tem dúvida, mantenha o charme e a elegância.

  • Presado Goldman,
    Veja o que difundi por meus contatos:
    ——— Mensagem encaminhada ———-
    De: Flavio Musa de Freitas Guimarães
    Data: 1 de outubro de 2014 14:40
    Assunto: A possibilidade de dar Dilma no 1º turno, a continuar assim, é quase certa… Veja, pense e decida em quem votar e ajudar.
    Para: Senador Aécio Neves , PSDB – Executiva Nacional , PSDB – Nacional , #Equipe 40 , democratas25@democratas.org.br

    Um amigo guru e antenado me diz que a tática do PT é levar Aécio para o 2º turno – se houver – pois ele perde fácil para Dilma.

    Mas esta brincadeira de atacar continuamente Marina pode resultar em coisa muito pior, Dilma vencer no 1º.

    Vejam os resultados mais recentes de intenção de votos:

    Dilma 40 %
    Marina 25 – E caindo vertiginosamente.
    Aécio 19
    Everaldo 1
    Luciana Genro 1
    Nulos e brancos 7

    Portanto os votos válidos são 93 % do total.

    Cenário 1 – Com esta correção e supondo que Marina caia para 15 % temos:
    Dilma 43
    Marina 16
    Aécio 20,5
    Demais candidatos somados 4
    Total de votos válidos: 83,5; 50 % mais 1, 41,753… Dilma ganhou.

    Cenário 2 – Marina cai apenas para 18 %
    Dilma 43
    Marina 19,35
    Aécio 20,5
    Demais 4
    Total de votos válidos: 86,85; 50 % mais 1, 43,43…

    Trabalho esperado do PT; inesperado, burro, e impatriótico do Aécio e coligação!

    E tem gente que ainda teima em que a estragatégia do PSDB et alia é correta!

    Até ontem, distraído, ainda me convenci que podia arriscar meu voto no Aécio…


    Flavio Musa de Freitas Guimarães
    Blog do Flavio Musa – http://www.flaviomusa.com.br

  • JCM 2 outubro, 2014   Reply →

    Caro Governador,
    Não acredito que ainda se frustre com o PT e seus integrantes.
    Os decentes não entram para o PT,saem!
    Quanto ao debate,com toda experiência do governador e do PSDB,
    por que se sujeitaram as regras impostas?Será que não dava
    para prever que seria todos contra um?Sem chance de respostas?

    Obg.

Leave a comment