A vida – e a luta – continuam.  Sem trégua. 

.

Dilma quer diálogo.  Com quem e para que?

De nossa parte, alguma vez recusamos qualquer diálogo?  O que ela quer?  Em uma Democracia o diálogo se dá entre partidos no Congresso Nacional.  O governo propõe e lá discutimos.  Lá e fora, desde que de forma transparente, não há problema.

Ela quer um plebiscito para a reforma política.  Um plebiscito deve fazer uma pergunta precisa, para ser respondida sim ou não.  Uma reforma política tem vários itens.  Não existe reforma política com um item só.  Não seria reforma.  O que ela quer perguntar?

Uma reforma política é um conjunto de mudanças que aborda vários aspectos.   Ela tem que ser um conjunto homogêneo que forma um todo coerente.  Esse todo coerente só pode ser formulado por um projeto de lei, ou inclusive por emendas constitucionais que concluem por novas leis e dispositivos constitucionais.  Aí não cabe um plebiscito.  É um referendo, previsto na Constituição.

Amanhã vai dizer que nós não quisemos ouvir o povo, duvidam?   É mais uma jogada de marketing.  Ela continua sendo dirigida pelo João Santana.

 

Preliminar:  tudo tem que ser esclarecido

Tem de haver uma preliminar.  A vitória de Dilma é, no mínimo, de legitimidade duvidosa.  Antes de propor o diálogo deve responder a várias questões.  Onde foi parar o dinheiro desviado da Petrobrás?  Ela e o PT usufruíram dele?  O desvio foi confessado.  Eu disse houve uma confissão, não uma denúncia.   É muito diferente.  O tesoureiro do partido, João Vaccari, já foi investigado?  E o uso dos Correios durante a campanha que foram instrumento de entrega de panfletos de Dilma e deixaram de entregar a correspondência do PSDB?   Isso para citar apenas dois casos escandalosos.

Não bastou a campanha terrorista?   A cada momento recebemos mais informações de pessoas que votaram sob efeito do terror, como se tivessem uma arma apontada para a cabeça: se não votar na Dilma vai perder o bolsa família;  vai perder a inscrição na fila para a casa própria;  vai perder o lugar no ProUni;  vai perder o financiamento escolar;  vai perder este ou aquele benefício que o governo lhe dá.  E quer que a tratemos como Madre Tereza de Calcutá?  Ora, pois!

Dilma não apenas fez o diabo, como anunciara.  Vendeu sua alma a ele.

 

 

 

You may also like

18 comments

  • Jorge Manuel Marques Gonçalves 28 outubro, 2014   Reply →

    Governador,
    acredito que qualquer diálogo exige que as partes tenham algum grau de confiança entre si, para que a conversa possa ocorrer francamente. Ora, quando um dos interlocutores passou, os últimos anos, dizendo que o outro faria isso ou aquilo, sendo que o outro nunca expressou essa intenção, há pouco ou nenhum respeito pelo outro, e por suas idéias. Portanto, falta credibilidade à Dilma e ao seu partido para buscar algum entendimento com quem sempre hostilizaram e tentaram desacreditar.
    Qualquer entendimento deve se dar com a incorporação de medidas e propostas dos adversários, não há entendimento possível apenas para implementar as propostas do governo, ele que busque seus aliados. Portanto, esta é uma demonstração de quem não quer entendimento algum.
    Por último, querer apurar os desvios na Petrobrás apenas com auditorias externas, ora, se para tudo foi apresentado recibo e notas fiscais, a conclusão a que estas chegarão é a de que tudo estava, formalmente, em ordem. As auditorias não buscam informações sobre empresas fantasmas, venda de notas fiscais, etc. Portanto, é mais uma medida para encobrir os desvios, e não para trazê-los à luz.
    Resumindo, o discurso é o de que se entendeu o recado das urnas: mudança. E para mudar, para esse governo, nada melhor do que deixar tudo como está. É esse governo que devemos combater, sem descanso, sem trégua.

  • Armando Benetollo 28 outubro, 2014   Reply →

    Boa informação, mas o PSDB precisa fazer oposição vigorosa e atuante ao governo do PT, não como fizeram até agora os parlamentares dos três níveis de governo.
    Mãos a obra.

  • NERCI MOTTA 28 outubro, 2014   Reply →

    GOLDMAN ESTOU DESOLADA, TINHA MUITA ESPERANCA NA VITORIA DO AECIO, ESTOU NA FLORIDA E FUI VOTAR NO CONSULADO, AQUI NA FLORIDA ELE TEVE 88% , OS BRASILEIRO TINHAM ESPERANCA PARA PODER VOLTAR AO BRASIL, MAS ME DISSERAM QUE VAO TER QUE ESPERAR MAIS QUATRO ANOS, COM O PT NO GOVERNO ELES NAO VOLLTAM.

  • Thais Ferraz de Barros Pimentel 28 outubro, 2014   Reply →

    Palavras aparentemente pacíficas de diálogo fazem, como sempre cortina de fumaça para ações de guerra. O PSDB tem que abrir espaço em sua estrutura para criar uma militância e agora é o momento para criar um caminho para esses 50 milhões de brasileiros que sentem na alma e em seu brio a mentira usada e a opressão que o PT demonstra querer implantar.
    Abram um canal para que possamos também atuar de maneira séria e efetiva contra o que o governo quer apresentar.
    Depois de muito tempo, ouvindo Aécio e Fernando Henrique no Largo da Batata consegui sentir a emoção e o orgulho de ser brasileira, sentimento adormecido há muito tempo pelo silêncio dos que me representam e o estardalhaço dos que querem disfarçadamente destruir a democracia.

  • Alfredo 28 outubro, 2014   Reply →

    Goldman,

    O dr Gustavo Franco, ex-presidente do Banco Central no governo FHC e um dos integrantes da equipe do Plano Real, publicou no domingo passado em O Estado de São Paulo, artigo intitulado “Um domingo para sempre”.

    Em um dos trechos do artigo, ele diz:

    ASPAS

    …..

    Guarde apenas um número para pensar a caminho da urna: a dívida pública interna chegou a incríveis R$ 3 trilhões.

    Acostume-se com o trilhão! E pior: cerca de um terço dessa dívida “encalhou”, ou seja, não consegue ser rolada pelo Tesouro.

    A Grécia quebrou por dificuldades de rolagem de dívida proporcionalmente menores, e por que não tinha um Banco CENTRAL como o nosso que pode absorver R$ 1 trilhão em dívida sem comprador (via operações compromissadas) tornando letra morta o Artigo 164 da Constituição que proíbe o Banco CENTRAL de financiar o Tesouro.

    …..

    FECHA_ASPAS.

    Como se vê, está bastante claro que o Banco Central do Brasil está desrespeitando a Constituição de 1988 ao “absorver” divida pública tão grande.

    Assim, em primeiro lugar gostaria de saber sua opinião a respeito. Mas penso que é urgente que o PSDB tome as providências necessárias, junto ao poder judiciário, para sanar a ilegalidade gritante e que representa riscos enormes tanto para o erário quanto para a moeda nacional.

  • Silvia Zaclis 28 outubro, 2014   Reply →

    Todas as dúvidas sobre denúncias da Petrobras e outros ” mal feitos” precisam urgentemente de resposta. O desafio maior está nas mãos da Oposição. Tenho ouvido que o PSDB vai acomodar as coisas porque “tem telhado de vidro”. A onda está aí, capitaneada por 64% dos paulistas. Para mim, agora, a resposta é apurar e apurar já. E boa sorte para vocês.

  • FABIO RALSTON 28 outubro, 2014   Reply →

    Gov. Alberto Goldman

    Temos que tirar o PT da prefeitura de SP e este trabalho deve começar hoje!!!

    Sds

    Fabio Ralston

  • Markut 28 outubro, 2014   Reply →

    Dificilmente poderemos imaginar a possibilidade que Dilma 2 seja diferente do que foi Dilma 1. Continua o diversionismo sem direção , buscando esconder o sol com a peneira. Se não quisermos apenas chorar sobre o leite derramado, urge que a sociedade civil mais esclarecida, saia da sua abulia e se organize para cobrar e vigiar, sem trégua, os atos da gestão pública.
    Se possível, algo como junho de 2013, sem vandalismo.

  • Rodrigo A. M. 28 outubro, 2014   Reply →

    Prezado Goldman,
    E se a denúncia da revista Veja, a acusação do doleiro à dupla Lula e Dilma, for comprovada, bora lutar pelo impeachment, né?

  • Wilson Almeida Lima 28 outubro, 2014   Reply →

    Muito bom, é isso mesmo. Tiro certeiro. Sua manifestação vem se somar ao bombardeio do Aloysio hoje no Senado. Nada de conversa mole, nada de lua de mel, nada de trégua. Investigação de tudo e responsabilização dos corruPTos. É isso que do PSDB esperam os milhões de eleitores que nos apoiaram e sufragaram nas eleições. Obrigado. Abç. Wilson/Vereador-PSDB/Iguape

  • Simao K Neto 28 outubro, 2014   Reply →

    Alberto Goldman, BOA NOITE
    Uma sugestão, porque voce nao encabeça uma movimento com o nome: Sao Paulo merece MAIS:
    Mais Respeito
    Mais representatividade
    Mais independência
    Mais respeito
    Mais poder
    Mais consideraçao
    Mais RETORNO DO DINHEIRO ENVIADO AO GOVERNO FEDERAL

    Alberto Goldman, porque nao iniciar um processo de VALORIZAÇAO DESTA POTENCIA CHAMADA SAO PAULO.
    QUEREMOS AJUDAR O BRASIL, MAS NAO QUEREMOS CARREGA-LO NAS COSTAS.

    Compre esta Bandeira, VOCE TERÁ UM EXERCITO AO SEU LADO..

    TUDO NESTA VIDA INICIA PEQUENO, NO PENSAMENTO, NO SONHO.
    Noa lhe conheço, mas percebo que voce é uma pessoa de visao.
    Vamos colocar SAO PAULO no seu devido lugar.

    QUEM SABE O SUL DO PAIS NOS SIGA E AI O MOVIMENTO TOMA CORPO….

  • Affonso Henriques Fernandes 29 outubro, 2014   Reply →

    A “represidenta” Dilma Rousseff fala em diálogo, mas esquece que a campanha para sua reeleição foi extremamente sórdida e com muitas atitudes que se distanciam da democracia.
    Usou e abusou da comunicação para impor um verdadeiro terror sendo notório o temor de perder o poder para prosseguir com o projeto nefasto de aparelhamento do Estado para que sua permanência seja garantida.
    É necessário que as políticas sociais sejam transformadas em políticas de Estado para evitar o uso destas como moeda de troca para voto, como é o caso do Bolsa Família, que o PT fez tal uso lançando mão do terrorismo para com todos aqueles que são beneficiados com tal programa.
    Um governo, cujo primeiro mandato inexistiu diálogo e não tem como dar crédito para que este segundo será diferente do que foi o anterior.
    Esta senhora não está acostumada a dialogar e sim impor o que pensa, o que deseja e tal diálogo que proferiu em discurso extremamente falacioso é da boca para fora que só engana o bando de apaniguados que aplaudem as sandices ditas por esta figuração de presidente.
    Esta eleição já mostrou que existe uma oposição da sociedade ao seu desgoverno e a sua plena incompetência.
    Enfrentará tremenda dificuldade, mas parece que ainda não se deu conta disso e pelo visto terá que consultar muito o João Santana para ensaiar discursos e fazer todo um marketing para mascarar a realidade desastrosa de sua pseudo-administração.
    Colhe-se o que se planta e com isso pague pelas consequências de sua conduta.

  • Samir 29 outubro, 2014   Reply →

    Boa noite. Fica mto claro q a Candidata presidenta sonha com mais uma eleição para ter um fato novo que ocupará espaço na mídia vendida que, por sua vez, deixará de falar do Petrolão.
    Ficou evidente q a campanha do PT em 2010 e 2014 contaram com dinheiro da Petrobrás. Na campanha de 2002 o PT contou com recursos das prefeituras de Santo André e Ribeirão Preto. Em todos esses casos não houve nenhuma ação judicial. Com tudo isso o que vimos nessa campanha foi o Sr Lula e sua “capacha” medindo a todos pelas suas réguas.
    Esse papo furado de plebiscito é pra ter mais caixa dois e assunto novo. Só não vê quem não quer.

  • Eliane Sevi 29 outubro, 2014   Reply →

    E luta continua !!!! Parabèns pelo seu excelente trabalho durante a campanha que quase levou o PSDB à Vitoria — Se nao fosse os desfalques comprovados pela internet teriamos nos livrado desses petralhas !!!! O importante è nao baixar os braços !!! Gostaria mesmo è que o Ministèrio Publico apurasse cada denuncia e levasse a termo , pois so assim restauraria nossa confiança com os governantes e a justiça !!!

    Bom Trabalho Sr Goldman !!!

  • Marcia Zillo 29 outubro, 2014   Reply →

    Concordo com o pensamento e ainda pergunto: Pq Congresso Nacional não discute as urnas eletrônicas? Os espertos no assunto pensam que são vulneráveis. Quem pode ter certeza que não houve fraude?

  • Vinicius 29 outubro, 2014   Reply →

    Olá sr. Goldman.

    Com tanta notícia espalhada na Internet sobre a possibilidade de fraude em urna eletrônica, relatos verossímeis de pessoas que tiveram problemas com a urna eletrônica na sua vez de votar, e a constatação da totalidade ou maioria dos países da OCDE que se utilizam do voto em cédulas de papel, e olha que lá eles possuem problemas com corrução menores que nós, pergunto: seria o caso de pedir a invalidação do 2º turno presidencial e uma nova eleição feita com cédulas de papel?

    Não é necessário todo um trabalho de nova campanha ou debates, apenas seria uma verificação da votação na urna eletrônica.

    Por que o PSDB Paulista e outros partidos e o candidato Aécio Neves não iniciam uma campanha com o povo nas ruas, ao estilo das “Diretas Já”, aproveitando a emoção latente do pós-eleição, e visando a anulação do 2º turno desta eleição presidencial?

  • Valtércio Gomes da Nóbrega 29 outubro, 2014   Reply →

    Pois sim, vai vendo. E esse projeto de “consultas populares” comandadas e indicadas por ministros dela. O congresso, principalmente a oposição, tem de ficar atenta, pois é na calada da noite que o pessoal deles agem. Haja vista o que fizeram na sede da abril. Olho vivo.

  • Adilson Dallari 3 novembro, 2014   Reply →

    Finalmente, com 12 anos de atraso, vamos fazer oposição.

Leave a comment