A verdade sobre os recursos federais para São Paulo

Acabo de enviar ao painel da Folha o seguinte texto:

“É absolutamente falso que o governo de São Paulo não busque obter recursos federais para o Estado.  Recursos para o rodo anel, em todos os trechos, foram obtidos do orçamento da União, assim como finaciamentos do BNDES.  No caso do Metrô, recursos do orçamento nos têm sido recusados mas não empréstimos do BNDES.  Na área de saneamento, contamos com empréstimos da CEF.  Na área de segurança pública bastaria o governo federal fazer o seu papel de conter o contrabando de armas e a entrada das drogas.  Na área de ensino técnico o Ministério da Educação se recusou por anos a ajudar para em seguida fornecer alguns equipamentos para as escolas.  Preferiu criar e ampliar as suas próprias instituições, assim como no ensino superior.   Algum governante não gostaria de obter o máximo possível de recursos do governo federal que, no caso de São Paulo, apenas devolve uma ínfima parcela do que recolhe no nosso Estado?”
Para esclarecimento, o titular do Ministério da Educação era Fernando Haddad

You may also like

One comment

  • Raul Christiano 27 outubro, 2012   Reply →

    Excelente, Goldman. E o oportunismo delles é tão grande que, além de emprestar dinheiro a SP, exigem a colocação de placas enormes nas ações e obras, para deixar a impressão de que estão fazendo alguma coisa num Estado dirigido por tucanos.

Leave a comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.